ASSOCIE-SE Juntos fazemos a diferença!

Quando tudo corre mal com as medicinas alternativas

Publicado a 06/12/2019

Os casos que mais impressionaram a jornalista Lucília Galha no artigo de capa sobre as terapêuticas alternativas aconteceram com crianças

Médico António Vaz Carneiro

Há pais que recusam dar antibióticos aos filhos e preferem remédios naturais que mais não são do que água com açúcar!

Só duas pessoas aceitaram falar na primeira pessoa com a jornalista Lucília Galha para contar o que correu mal quando recorreram às terapias alternativas. Apesar de isto ser uma coisa frequente – há bastantes casos em que quem procura essas práticas (como homeopatia, osteopatia, fitoterapia ou acupunctura) se dá mal, seja porque atrasa os tratamentos, porque os deixa ou até porque aquilo que faz nas alternativas interage com a medicação convencional.

"As pessoas têm vergonha de admitir. É-lhes difícil assumir que gastaram tempo e perderam dinheiro (e saúde) nas terapias alternativas", conta. Apesar das dificuldades, a jornalista da SÁBADO falou ainda com vários familiares de pessoas afetadas e com 15 profissionais de saúde, entre psiquiatras, oncologistas, pediatras, médicos de família, anestesiologistas, fisioterapeutas ou enfermeiros, traçando assim o retrato de mais de 10 casos de pessoas que apostaram nas terapêuticas alternativas e acabaram por ter graves problemas de saúde – em casos extremos, isso pode levar à morte.

Fonte: Revista Sábado

+ VER ARTIGO (pdf)


Destaque

Notícias e actividades

VER TODAS

Comunicação nº2/2020 da Direção da ADEB aos Associados, no âmbito da pandemia Covid-19 do Coronavírus

Comunicação nº2/2020 da Direção da ADEB aos Associados, no âmbito da pandemia Covid-19 do Coronavírus

A Direção da ADEB informa, de modo a evitar a disseminação e infeção pelo Coronavírus (COVID19), as seguintes medidas em prática até 31 de março de 2020.

Publicado a 18/03/2020

+ Ver mais
Coronavírus (COVID19)

Coronavírus (COVID19)

De modo a evitar a disseminação e infeção pelo Coronavírus (COVID19) as atividades coletivas da ADEB serão adiadas ficando suspensas até ao dia 31 de março de 2020.

Publicado a 11/03/2020

+ Ver mais
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização